17.8.10

(in)feliz

queria que tudo fosse diferente, gostava de puder dizer o que sinto. quero deitar-me, esquecer tudo o que se passou até aqui contigo. quero puder dizer que já não és nada para mim, que és passado! mas o que adiante se eu sei que é mentira? que diferença faz se tu nem sabes o que está a acontecer, nem fazes ideia de tudo o que eu sinto. nenhuma, nada disto aconteceu para ti, sou passado e enterrado. cais-te no esquecimento e eu nem me importei, agora sinto que não estou completa. gostava de perceber o que vai nessa tua cabeça, para não te aperceberes do que se está a passar, gostava de puder dizer que fui feliz ao teu lado, mas não vou mentir. sei que não o fui.

Nenhum comentário: